segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Desmatamento na Amazônia aumenta em setembro

A Amazônia perdeu uma área de 253,8 quilômetros quadrados (km²) de floresta em setembro, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em relação ao mesmo mês do ano passado, quando foram registrados 448 km² de desmate, houve queda de 43%. Na comparação com o mês de agosto, entretanto, quando foram contabilizados 164 km² de derrubadas, houve aumento da área desmatada.

O estado onde foram registrados mais desmatamentos, em setembro, foi Mato Grosso, com 110 km². Em seguida está o estado de Rondônia, com 49,88 km² e em terceiro, o Pará, com 46,94 km². O estado onde houve o menor registro de desmatamento foi Tocantins, com 2,24 km². No estado do Amapá não foi detectado desmate.      

Segundo o Inpe, apenas 5% da região não foram monitoradas por causa das nuvens.

Fazem parte da região da Amazônia Legal os estados do Acre, Amapá, Amazonas, de Mato Grosso, do Pará, de Rondônia, Roraima e do Tocantins, além de parte do estado do Maranhão.

4 comentários:

Rαuge Liмα disse...

A cada dia nossas florestas são ainda mais devastadas, e os nossos descendentes provavelmente não terá a oportunidade de aprecia-la,justamente por nossas atitudes irracionais. Temos que procurar a preservar o pouco que nos resta. Mais vale o quase nada do que nada!!!

Quintais de Cultura disse...

A nossa região (sul e sudeste paraense) foi a mais devastada nos últimos dois anos na Amazônia, isso segundo o INPE. Se formos preservar, temos que agir a partir de agora, porque depois não haverá mais soluções.

Rαuge Liмα disse...

O que não pode acontecer é nós ficarmos esperando pela reação do outro, vamos cada um fazer nossa parte.

Gostei da postagem

Elias disse...

com certeza temos que fazer nossa parte

Postar um comentário

PARCERIAS

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Affiliate Network Reviews